O Impacto Crescente da IA Gerativa nos Negócios e no Mundo do Trabalho

Descobrindo a IA Gerativa

Segundo uma pesquisa recente da KPMG, a IA gerativa (GenAI) está rapidamente se tornando uma força influente nas operações de negócios, com implicações significativas para o mundo do trabalho.

Felicia Lyon, principal consultora de capital humano da KPMG, disse ao VentureBeat: “As tarefas estratégicas se beneficiarão mais da implementação da IA, liberando mais tempo para os indivíduos se concentrarem nestas tarefas à medida que as tarefas táticas sejam automatizadas.”

Abordando a IA Gerativa com Cautela

Apesar de reconhecerem os benefícios potenciais da IA, muitos participantes da pesquisa expressaram preocupações sobre as possíveis implicações negativas da adoção da GenAI.

Essas preocupações variaram desde a segurança do emprego até a limitação de oportunidades de avanço na carreira, além de um possível aumento de comportamento antissocial no ambiente de trabalho devido à diminuição das interações sociais.

Lyon enfatizou a necessidade de medidas proativas para enfrentar esses desafios potenciais: “As empresas estão abordando essas preocupações descontruindo empregos e adotando uma visão baseada em habilidades do trabalho”, disse ela.

Impacto da IA Gerativa no Talento e nos Empregos

O estudo também revelou que a implementação da GenAI requer a aquisição de novos talentos e a capacitação dos funcionários existentes.

No entanto, apenas 12% dos entrevistados acreditam que sua força de trabalho possui a proficiência necessária para a adoção da GenAI.

Cultivando um Uso Responsável da IA

Segundo Lyon, é essencial cultivar uma cultura de uso responsável da IA, ajudando os funcionários a entenderem as melhores maneiras de usar a IA para atingir os objetivos de negócios. “É importante distinguir entre as habilidades necessárias para que a TI desenvolva e mantenha a tecnologia de maneira segura, e as habilidades necessárias para que a força de trabalho adote a IA e identifique oportunidades de alavancá-la”, explicou Lyon.

Criação de Empregos com a GenAI

Os executivos também estão otimistas sobre a capacidade da GenAI de criar novos empregos, particularmente em funções relacionadas à TI e ao software. No entanto, os cargos administrativos que envolvem tarefas como entrada de dados e manutenção de registros podem ser os mais afetados pela adoção da IA.

A Importância do Expertise Humano

Lyon enfatizou que o expertise humano continuará sendo fundamental para garantir a integração e operação bem-sucedidas dos sistemas de IA. “Os funcionários que trabalham em cargos administrativos tendem a ter um amplo conhecimento da organização e de suas operações.

Esse conhecimento, combinado com a capacitação ou reciclagem, permitirá que os indivíduos sejam reaproveitados mais facilmente na organização”, disse Lyon.

Um Futuro de Novas Oportunidades com a IA Gerativa

Lyon acredita que a adoção da IA transformará fundamentalmente os modelos de negócios, abrindo novas vias para o crescimento, a eficiência e a inovação. “Para uma adoção ótima da IA, a alfabetização em dados e IA é fundamental.

Os funcionários precisam ser treinados e recompensados para trabalhar com a nova tecnologia e, em seguida, integrá-la ao ponto em que a experimentação se torne uma ferramenta estrutural para desbloquear continuamente o potencial”, explicou Lyon.

Lyon também ressaltou a importância de reconhecer e recompensar o uso responsável da IA. “Quem melhor sabe como otimizar o trabalho do que a pessoa que está realizando o trabalho?”, disse Lyon. “Acima de tudo, será importante para os líderes estabelecerem o tom – compartilhar a visão de como desejam usar a IA para o bem em sua organização, a serviço de seus clientes.

Ao estarem à frente, os líderes podem inspirar confiança na força de trabalho e ajudar os funcionários a verem uma visão para o futuro.”

Como você pode ver, o futuro da IA gerativa parece promissor, embora desafiador.

As organizações e os indivíduos devem abordar esse futuro com otimismo cauteloso, estando dispostos a aprender e a se adaptar às novas realidades da IA no ambiente de trabalho.

Por que a Microsoft está ‘apenas começando’ em IA?

Marcos Oliveira

Marcos Oliveira

Marcos Oliveira é um especialista em criação de conteúdo digital e marketing, com um interesse especial em inteligência artificial. Com vasta experiência na indústria, ele já trabalhou com várias marcas de renome, ajudando-as a estabelecer uma presença online sólida. Como autor de destaque em nosso site, Marcos possui um conhecimento profundo das últimas tendências e desenvolvimentos na área digital, incluindo estratégias de SEO e marketing de conteúdo. Com sua expertise e autoridade, Marcos garante que seus leitores obtenham informações precisas e atualizadas sobre o mundo digital. Além disso, ele sempre se esforça para fornecer uma visão aprofundada e analítica dos assuntos abordados em seus artigos, enriquecendo o conteúdo e agregando valor para o leitor.

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais